AVISO SOBRE O CONTEÚDO DO BLOG

Todo o conteúdo aqui postado no blog deve ser estudado para que exista uma possível conclusão do leitor, por isso não deve ser levado como de todo verídico.
Com estudo e discernimento dos assuntos postados é que se chega a uma possível conclusão.
Minha missão com este blog é de levantar o véu e dispor de assuntos interessantes e questionáveis.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Lua Vermelha


Lua Vermelha

Na Antiguidade, o ciclo menstrual da mulher seguia as fases da Lua com tanta precisão que a gestação era contada por luas. Com o passar do tempo, a mulher foi se distanciando dessa sintonia e perdendo o contato com o próprio ritmo do corpo, o que gerou vários desequilíbrios hormonais, emocionais e psíquicos.
Para a mulher restabelecer essa sincronicidade natural, a mulher deve se reconectar a Lua, observando a relação entre as fases lunares e o seu ciclo menstrual. Para isso, ela deve criar um "Diário da Lua Vermelha", anotando no calendário o ínicio de sua menstruação, a fase da Lua, suas mudanças de humor, nível energético, comportamento social e sexual, sonhos etc. Faça essas observações durante todo o ano, compare as anotações mensais e faça um guia do seu ciclo menstrual, baseado no seu padrão lunar. Observe a repetição de emoções, percepções e sonhos, para ficar mais consciente das suas reações e evitando prever, impedir e controlar situações desagradáveis ou desgastantes. A mulher deve respeitar sua vulnerabilidade e sensibilidade aumentadas durante a sua Lua.
Ela pode diminuir o ritmo, evitando sobrecargas, e se afastar de pessoas e ambientes carregados, não se expondo emocionalmente. Com determinação e boa vontade, mesmo no corre-corre cotidiano, ela precisa encontrar tempo para cuidar da sua mente corpo e espírito.

texto extraído do almanaque wicca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pela visita, deixe o seu comentário, todas as opiniões construtivas são válidas.