AVISO SOBRE O CONTEÚDO DO BLOG

Todo o conteúdo aqui postado no blog deve ser estudado para que exista uma possível conclusão do leitor, por isso não deve ser levado como de todo verídico.
Com estudo e discernimento dos assuntos postados é que se chega a uma possível conclusão.
Minha missão com este blog é de levantar o véu e dispor de assuntos interessantes e questionáveis.

domingo, 28 de abril de 2013

A PRINCESA DE OUROS




O SONHO

A Princesa de Ouros é uma moça realista e muito prática. Está no seu belo jardim, que é muito bem cuidado, segurando um lindo buquê de flores, que ela mesma plantou e colheu. É princesa, mas está sempre disposta a trabalhar arduamente e encher as unhas de terra que sustenta a vida. Na realidade, a Princesa mais parece uma moça do interior do que uma portadora de sangue azul que costuma aplicar na prática o saber que possui. É deliberada e inteligente, mas absolutamente não é intelectual; na realidade, não tem imaginação e, para falar a verdade as vezes é uma moça desinteressante. Apesar disso, seus modos persistentes e cuidadosos podem não dar como resultado uma ação rápida, mas levam-na longe em matéria de produzir coisas materiais. Ela procura todas as informações necessárias para ajudá-la no que pretende fazer, ainda que devagar. Está sempre disposta a ajudar em qualquer assunto ou problema de negócios, e é uma pessoa digna de confiança e honrada.

O DESPERTAR

Agora você está aprendendo a confiar nos seus instintos. Preste atenção nos ritmos e ciclos naturais da sua vida que formam um paralelo com os do mundo natural da Imperatriz. A Princesa de Ouros traz notícias de assuntos materiais, informações úteis e assistência prática. Saiba que a entrada da Princesa de Ouros numa leitura pode significar que uma pessoa com as qualidades dela estará entrando na sua vida brevemente.

O ENCANTAMENTO

Escreva em folhas secas as coisas que mais valoriza na vida, uma a uma. Reúna todas as folhas e amarre-as com vários fios de cabelo tirados da sua própria cabeça, unidos de modo a formar um cordão fino. Enrole o macinho em algodão verde e sobre ele reze o seguinte: "Vou trabalhar para ganhar o meu pão; vou aprender sofrendo; vou falar com a Terra, vou conhecer o que valho". Enterre o macinho num jardim.


texto extraído do livro tarô Encantado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pela visita, deixe o seu comentário, todas as opiniões construtivas são válidas.