AVISO SOBRE O CONTEÚDO DO BLOG

Todo o conteúdo aqui postado no blog deve ser estudado para que exista uma possível conclusão do leitor, por isso não deve ser levado como de todo verídico.
Com estudo e discernimento dos assuntos postados é que se chega a uma possível conclusão.
Minha missão com este blog é de levantar o véu e dispor de assuntos interessantes e questionáveis.

sábado, 25 de agosto de 2012

OITO DE COPAS


O SONHO

Uma mulher melancólica está derramando oito lágrimas em forma de coração e debruadas de gelo, que estão caindo como folhas secas no regato frígido que há embaixo. O sacrifício dela foi feito em vão, e toda a sua energia se esgotou. Esta é uma história de amor e devoção que foram negados e agora não servem para nada. O peixe que está nadando na água congelada simboliza emoção profunda, mas uma emoção que ameaça dominar e, possivelmente, até imobilizar. O fato de ter se dado tanto, inutilmente, deixou a mulher despojada de esperança, como os galhos estéreis que crescem do coração central. Do mesmo modo que a ilusão produzida pelas neves de inverno, parece que aqui a vida foi sufocada para sempre e ela não tem possibilidade de suportar aquele deserto. Foi-se a inspiração que a levou a dar a prova suprema de lealdade, que consistiu em por os interesses de outra pessoa na frente dos seus próprios. Quando a extensão e as implicações dessa insensatez são reveladas, a mulher surge momentaneamente em pé, congelada no mesmo lugar, mas, assim como as flores da primavera são regadas pelas neves do inverno, no futuro as lágrimas dela também vão alimentar um uso mais sensato das suas próprias energias devocionais.


O DESPERTAR

Agora é preciso haver um recuo da participação emocional. Você ficou insatisfeito porque passou muito tempo se concentrando nos interesses dos outros. Você se deu demais. Talvez precise abandonar o que costuma procurar e passar a buscar o que é mais digno do seu esforço e sacrifício. Agora está tendo a oportunidade de encontrar uma nova direção.

O ENCANTAMENTO

Queime um pouco de salva. Segure uma pena branca na fumaça e varra com ela o corpo inteiro, de cima a baixo, para limpar a sua "aura", que é o halo de luz e energia que cerca as pessoas e é visto na fotografia de Kirlian e também por alguns psíquicos e praticantes de curas psíquicas. Mude a posição dos anéis, jóias ou bijuterias, pondo-os no lado oposto daquele em que costuma usá-los. Convém lembrar que o lado esquerdo do corpo retira energia e o lado direito liberta energia. Este encantamento inicia um processo de renovação.

texto extraído do livro tarô Encantado.

sábado, 18 de agosto de 2012

SETE DE COPAS


O SONHO

Uma mulher alada tenta reunir sete corações de energia pulsantes e cheios de brilho que foram apanhados numa teia cercada de todas as cores do arco-íris. Aqui estão simbolizados os mundos da imaginação, da inspiração e, acima de tudo, da ilusão. O conjunto do mundo material está representado como energia pura presa na teia da forma e irradiando a ilusão de que este mundo interligado contém uma variedade infinita de fantasia. Ela acredita que essa é a verdadeira natureza da realidade física e, portanto, tudo deve ser possível. Neste mundo de sonho talvez ela fique viciada pela fascinação e pela embriaguez nascidas da ilusão e funcionar na vida diária. Com isso, fica prisioneira da teia, como os corações. Um sol mágico em forma de concha está acima dela, irradiando a verdade suprema. A mulher precisa enfrentar a realidade absoluta com a cabeça voltada para o céu, mas com pés no chão. Só assim poderá utilizar positivamente as visões que tem, e a arte gerada por elas.

O DESPERTAR

Talvez você esteja sonhando acordado e fazendo castelos no ar. Está na hora de olhar as coisas claramente a fim de evitar que você mesmo passe a ser uma vítima de pensamentos veleitários. Agora você está começando a se conhecer e talvez esteja tendo muitas idéias criativas e sentindo coisas espirituais. Simplesmente lembre-se de ser realista em relação a todas as eventualidades possíveis.

O ENCANTAMENTO

Dirija a sua inovação a Netuno, que governa os mares da nossa imaginação mística. Repita: "Ajude-me a ver com o terceiro olho da minha intuição e levante o véu que cria todas as ilusões. Ajude-me a distinguir o que é real do que é irreal e faça o meu coração sentir de verdade". Borrife o rosto com água fria.


texto extraído do livro Tarô Encantado.

sábado, 4 de agosto de 2012

SEIS DE COPAS



O SONHO

Esta é uma cena de pura alegria que consiste numa viagem de volta a infância. O que se sente é algo revitalizante e benéfico. Nenhum amigo é como os amigos da juventude, quando prevalecia uma inocência sem críticas. O amor não exigia nada e bastava estar na companhia da pessoa amada. Era possível passar dias e dias brincando alegremente e o próprio tempo se deslocava num ritmo deferente, mais lento, deixando que as coisas fossem saboreadas por completo. Cada descoberta era algo sem igual. O mundo era novo e lindo como uma borboleta saindo do casulo. O seis de Copas é um sonho especialmente bonito. Duas crianças felizes estão passeando e levando uma cesta com outra criança mais nova. Voltar e ver e ouvir com os olhos e os ouvidos da criança que há dentro de nós é uma oportunidade de ouro para renovar um sentimento juvenil, alegre e cheio de entusiasmo. Esse sentimento está sempre disponível, mas nem sempre as pessoas estão cientes disso.

O DESPERTAR

Esta carta é deliciosa e encantadora. Por algum capricho do destino, está aparecendo na sua vida uma pessoa ou um sentimento, uma lembrança, um aroma ou um sabor da infância. A conexão é imediata e completa. Um presente ou uma viagem curta podem ativar um sentimento de saudade. Essas lembranças deixam você olhar para o tempo em que os adultos (especialmente a mãe)eram gigantes oniscientes e um ano parecia se estender por toda a eternidade.

O ENCANTAMENTO

Recorte um coração de papel vermelho do tamanho da palma da mão e escreva nele esta rima: "Alegria para mim. Alegria para ti. Alegria para todos que estiverem aqui". Coloque o coração de papel no seu espelho e lembre-se da criança que há dentro de si. Durante seis dias, seis minutos por dia, procure ver com olhos de criança. Considere este milagre que chamamos vida como se fosse tudo novo. Na realidade, é mesmo novo.

texto extraído do livro tarô Encantado.