AVISO SOBRE O CONTEÚDO DO BLOG

Todo o conteúdo aqui postado no blog deve ser estudado para que exista uma possível conclusão do leitor, por isso não deve ser levado como de todo verídico.
Com estudo e discernimento dos assuntos postados é que se chega a uma possível conclusão.
Minha missão com este blog é de levantar o véu e dispor de assuntos interessantes e questionáveis.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

NOVE DE ESPADAS




O SONHO

Dentro da noite, uma figura adormecida num horrível mundo de pesadelos que existe no limiar do sono. Nele circulam livremente muitos demônios, mágoas reprimidas e medos infantis. Pior que a visão deste caos é a sensação de estar presa nas suas garras. As formas ficam alteradas por sombras indefinidas e circulam em outras formas ainda mais temíveis. É um lugar solitário e afastado de todo tipo de ajuda e consolo. A figura adormecida é atormentada por sombras de dor, sofrimento e depressão, até se transformar em vítima dos seus próprios pensamentos e, qual um mártir, vai se empalando repetidamente nos pontos mais doloridos. Está de olhos fechados porque não consegue enfrentar aqueles medos acordada. No entanto, o único meio de fugir daqueles pesadelos é abrir os olhos e despertar para o que a está incomodando. Precisa confrontar seja o que for em plena luz do dia, independentemente de se tratar de reputações perdidas, descobertas de falsos amigos, ou pior, ver que os sentimentos mais desagradáveis estão à solta. Uma alternativa é atormentar-se.

O DESPERTAR

No escuro, os demônios pessoais parecem maiores do que nunca. Para se libertar, você precisa encontrar esses monstros, identificá-los e enfrentá-los. Às vezes, para escapar dessas coisas basta admitir que existem. Se você não confrontar as projeções dos medos e terrores, elas podem atormentar você, como acontece num pesadelo horrível. Se não verificar a existência dessas coisas, elas podem até chegar a deixá-lo doente.

O ENCANTAMENTO

Talvez seja possível encontrar uma solução nos seus sonhos. Quando estiver pronto para dormir, componha numa linha um pedido ou pergunta que exprima especificamente o seu problema. Escreva-a e mantenha o papel e a caneta perto da cama. Feche os olhos e repita várias vezes a pergunta, como se fosse uma canção de ninar. Quando acordar na manhã do dia seguinte, procure lembrar-se de tudo que puder a respeito do que sonhou, e anote tudo sem críticas. Se, mais tarde, conseguir ler com a mente aberta as coisas que escreveu, encontrará a resposta ali.


texto extraído do livro Tarô Encantado

domingo, 12 de fevereiro de 2012

RESULTADO DO SORTEIO "CADERNO DAS SOMBRAS"



Sorteio Caderno das Sombras com pentagrama

Muitas pessoas visitam o meu blog todos os dias, mas poucos são os inscritos e raros são os comentários, então vamos agitar um pouco.
Eu vou sortear esse caderno brochura de 96 folhas com pentagrama na cor ouro velho feito por mim, com despesas de envio grátis para qualquer lugar desse planeta (entendam eu ainda não sei enviar para outros planos...).
E aí, quer participar? Então vai as regras:

1) Tem que ser inscrito no blog
2) Curtir o post no facebook, twitter ou Orkut
3) O sorteio acontecerá quando o blog alcançar o número de 50 seguidores

Raffle “Book of Shadows with Pentagram”

Many people visit my blog every day, but few are registered and there are very few comments, so let's shake a little.
I'll raffle this book brochure of 96 leaves with pentagram in old gold color made by me, with free delivery to anywhere on this planet (Understand, I still do not know send to other plans ...).
Hey, want to join? So goes the rules:

1) Must be registered in the blog
2) Like the post on facebook, twitter or Orkut
3) The raffle will happen when the number of blog reach 50 followers




Como prometido o sorteio foi hoje, a moda antiga, segue a foto com os papéizinhos dos nomes dos meus queridos e valentes seguidores, o vencedor usa o nome de "Vanessa Ferreira" caso ela não responda o meu email até o dia 25/03/2013 sortearei novamente.
Obrigada a todos que participam do meu blog, logo estarei colocando novas peças a venda e quem sabe um novo sorteio.


OITO DE ESPADAS




O SONHO

Uma mulher está em pé, imobilizada num pináculo. Atingiu um ponto em que percebe que não consegue ir para a frente, mas também não consegue recuar. Pelo ar vibram ondas irregulares que representam pensamentos ou ondas de dúvida e confusão. A rigidez da figura sugere fixação ou incapacidade de encarar de frente um problema que, por sua vez, é uma criação da mente. A mente da mulher foi distraída por detalhes sem importância e agora lhe parece impossível ver as diversas opções expostas. Está cercada de negatividade, mas bem poderia usar a espada do raciocínio dedutivo, que traz na mão, para cortar as grades da armadilha em que se encontra. Mas precisa acreditar que, mesmo sem se mexer, pode agir. As espadas apontadas para ela, pela direita e pela esquerda, representam interferências, obstáculos, dúvida, confusão e mal-entendidos, mas o raio de iluminação que parece uma espada e está tocando o alto da cabeça a ajudará a ver o problema de uma perspectiva mais elevada. A mulher está bloqueada, mas conseguirá se soltar pelas próprias forças e pelas forças de uma fonte superior.

O DESPERTAR

Não se concentre em detalhes sem importância. Procure ver o quadro completo. Nas horas de dúvida de confusão, não aja irrefletidamente, espere com paciência a chegada da iluminação que vem da sua Mente Superior. Não se analise demais; também não espere que alguém venha salvá-lo. O que aprisionou você foi exatamente sua falta de perpectiva. Agora é preciso trabalhar e rezar para se libertar.

O ENCANTAMENTO

Sente-se, feche os olhos, descontraia-se e cruze as mãos no coração. Durante oito minutos, fique sentindo o peito movimentar-se enquanto escuta apenas o som da sua própria respiração e as batidas do coração. Depois invoque o Anjo da Claridade e peça que entre na sua vida. Diga para si mesmo: "Aqui estou eu invocando as forças da claridade para que me ajudem a tomar uma decisão". Fique sentado mais um pouco e sita a resposta.


texto extraído do livro Tarô Encantado

domingo, 5 de fevereiro de 2012

SETE DE ESPADAS




O SONHO

Uma jovem tenta desesperadamente escapar de uma saraivada de sete espadas que estão caindo do céu azul, mas a expressão resignada sugere que esta situação terrível não foi tão inesperada e talvez até tenha sido obra dela própria. Poderia ser o resultado das coisas duras que ela disse e fez pelas costas dos outros, ou mesmo a manifestação de um medo de errar e até de ser bem-sucedida. Age com movimentos incoerentes, atrapalhada pela própria negatividade e pelos enganos que cometeu e estão simbolizados pelas folhas negras que se fecham dos dois lados dela. A moça está tentando evitar que forças invisíveis a prejudiquem, mas parece que esse desejo de ter paz está além das suas forças; talvez a única saída seja trapacear e dissimular. Uma das mãos está enluvada e é impossível saber o que está escondido nela. Estranhamente, ela prefere se desviar das espadas com a mão sem luva, mantendo em reserva a mão protegida, com o que quer que seja que está ocultando. É um plano temerário, porque ela pode se dar mal se for ferida e não puder mais usar habilmente esse ardil.

O DESPERTAR

Para fugir da oposição que você está encontrando, precisa ser lógico e persistente e não recorrer a trapaças. Tem de enfrentar o fato de saber que os problemas são criados por nós mesmos e que você só pode parar de somar suas energias as forças de oposição identificados e eliminando os padrões negativos de comportamento muito repetidos.

O ENCANTAMENTO

Para se livrar dos padrões de comportamento que estão operando contra o que lhe é mais caro e contra o que deixa você mais satisfeito, primeiro é preciso aceitar que esses padrões existem de fato. Depois, é preciso perceber que quem os criou foi você mesmo, por isso pode destrui-los. Identifique-os com honestidade, sem críticas nem recriminações, depois escreva-os num papel. Durante sete dias, estude esse papel diariamente e faça um plano para eliminar esses padrões, cantando pausadamente as seguintes linhas: "Sopra, vento, sopra, sopra, manda-me um caminho puro: só assim vou conseguir chegar a ver meu futuro".

texto extraído do livro Tarô Encantado.

Teodasia Ft. Fabio Lione - Lost words of forgiveness