AVISO SOBRE O CONTEÚDO DO BLOG

Todo o conteúdo aqui postado no blog deve ser estudado para que exista uma possível conclusão do leitor, por isso não deve ser levado como de todo verídico.
Com estudo e discernimento dos assuntos postados é que se chega a uma possível conclusão.
Minha missão com este blog é de levantar o véu e dispor de assuntos interessantes e questionáveis.

sábado, 3 de dezembro de 2011

TRES DE ESPADAS




O SONHO

Do lado de fora desta caverna de tristeza, dor e solidão, uma rajada de nuvens escuras passa pelo céu de um dia frio de outono. Sob um triângulo invertido, uma figura semidespida vai resvalando para um abismo profundo. Os corações feridos estão envolvidos em formas negras que choram e ameaçam se unir engolir a cena. Este triângulo de espadas trouxe sofrimento para o sonho. Será que o amado fugiu, talvez com outra pessoa, deixando a dor da perda e da ausência, junto com o lamento inevitável pelo que poderia ter existido? As espadas estão apontadas para os seios nus da figura sob cujos pés o chão oscila imprevisivelmente. Ela está cheia de ciúmes e dó de si mesma, e não vê para onde pode se voltar. Até agora havia idelalizado uma pessoa (ou uma situação) e agora a realidade verdadeira levou-a a esta frustração. A vida parece tão sem sentido! Mas a vida tem de continuar e esta dor interior tem de ser suportada como uma lição numa vida em que há muito que aprender.

O DESPERTAR

Sempre há alguma imcompatibilidade num relacionamento. Alguém destruiu a sua confiança, e as suas defesas esgotaram. Você está se sentindo ferido e tendo pensamentos amargos. Lembre-se da sua verdadeira identidade como espírito contido na carne, e lembre-se também do verdadeiro objetivo que tem como alma que segue adiante com o saber nascido da experiência. Dê a si mesmo o amor que até aqui estava dando a outra pessoa, e a sua dor será vencida.

O ENCANTAMENTO

Deite-se de costas. Feche os olhos e descontraia-se. Veja-se numa época em que tinha sucesso e estava satisfeito e contente. Inclua neste estado de meditação todos os detalhes que puder. Se algum pensamento de dor ou culpa se intrometer, não os despreze, mas solte-os logo. Lembre-se de que a dor veio depois de muitas ocasiões felizes e que a alegria pode muito bem entrar de novo na sua vida. Acredite que o processo de cura dessa dor já começou. Repita esta afirmação: "Já não existe mais o passado. Gosto de mim, estou curado".

texto extraído do livro Tarô Encantado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pela visita, deixe o seu comentário, todas as opiniões construtivas são válidas.