AVISO SOBRE O CONTEÚDO DO BLOG

Todo o conteúdo aqui postado no blog deve ser estudado para que exista uma possível conclusão do leitor, por isso não deve ser levado como de todo verídico.
Com estudo e discernimento dos assuntos postados é que se chega a uma possível conclusão.
Minha missão com este blog é de levantar o véu e dispor de assuntos interessantes e questionáveis.

domingo, 20 de novembro de 2011

DOIS DE ESPADAS




O SONHO

No céu noturno, as nuvens se bifurcam quando surge uma figura que traz uma pluma branca à guisa de bandeira de trégua. Um dos pés dela está pousando na pétala central da flor que está um pouco abaixo; é um ponto em que talvez ela se desequilibre, mas só por um instante. A figura está fazendo uma pausa curta, esperando que as nuvens se juntem de novo. Agora que o conflito diminuiu, ela chegou a este lugar sagrado para refletir no que aconteceu. A paz voltou, mas ainda resta uma certa tensão entre as espadas levantadas. Haverá um novo impasse, ou será que tudo vai se equilibrar? Agora está soprando uma brisa que afasta toda a sensação deixada pelo confronto recente que dividiu tanto as nuvens como as espadas. A figura delicada parece diplomática, sem nenhum traço de crítica. A lua, símbolo da deusa que cuida de todos, agora está lá em cima, contemplando tudo pacificamente. É dificil atingir esse equilibrio, mas é possível chegar a uma harmonia simplesmente deixando a mente tranquila e calma, a fim de deixar tempo para uma consideração madura.

O DESPERTAR

Talvez você esteja em guarda para evitar que o tempo gasto em contemplação seja um periodo de impasse ou adiamento, mas trata-se de um tempo destinado a considerar os pontos de vista dos outros. Fazer concessões é a alma da diplomacia, e há muita coisa que não pode ser obtida por agressão, mas sim com diplomacia. Talvez você não tenha todas as peças do quebra-cabeças, mas, por enquanto, deixe as coisas como estão.

O ENCANTAMENTO

Quando estiver desorientado ou sentir que sofreu uma injustiça, repita estas frases tantas vezes quanto for necessário: "Tenho fé em que o equilibrio vai ser recuperado e que a minha resposta vai chegar quando eu estiver preparado. Estou em paz comigo mesmo. Não há nenhuma necessidade de lutar agora. No devido tempo, a Justiça será feita".

texto extraído do livro Tarô Encantado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grata pela visita, deixe o seu comentário, todas as opiniões construtivas são válidas.